Aviso abertura matriculas 2018/2019

AVISO

Encontram-se abertas as inscrições para os novos alunos que pretendam ingressar na Academia no ano letivo 2018/2019.

Esses ingressos serão sempre limitados ao número de vagas que é disponibilizado pelo Ministério da Educação e que nós, com a ajuda da Câmara Municipal, temos vindo a ultrapassar ligeiramente. No caso dos alunos que vão para o 2º ciclo (1º grau) esse número é controlado, ainda, pelos resultados obtidos numa prova de acesso a que serão chamados todos aqueles que se inscreverem até dia 26 de Junho.
Lembramos, ainda, que o ingresso na Academia em Regime de Ensino Articulado permite a frequência gratuita da Academia (até 8 anos de formação, ou seja até ao final do Secundário) e permite, também, a matrícula na escola Básica ou Secundária escolhida pelo Encarregado de Educação independentemente da área de residência.

Teoricamente, os alunos podem escolher qualquer um dos três Agrupamentos de Fafe. Na prática, e porque pretendemos proporcionar aos nossos alunos as melhores condições de trabalho e os quase 20 anos de existência já nos ensinaram bastantes coisas, as opções terão as seguintes condicionantes:

  • Para os Cursos Básicos (do 5º ao 9º ano) só serão aceites matrículas nas escolas sede dos agrupamentos, isto nos casos dos Agrupamentos Montelongo e Carlos Teixeira.
  • No caso do Agrupamento de Escolas de Fafe, os alunos do Ensino Secundário frequentarão a escola sede mas é possível aceitar alunos no Ensino Básico na Escola de Arões. Essa situação, a acontecer, será tratada separadamente uma vez que é necessário criar condições específicas para esses alunos;
  • Privilegiaremos, sempre, a formação de turmas dedicadas ou seja turmas em que todos os alunos frequentam o Ensino Articulado.
  • Evitaremos, sempre, deixar numa escola um número residual de alunos (entenda-se como residual menos de 8/10 alunos) uma vez que essa situação inviabiliza muitas das atividades que, ao longo do ano, procuramos proporcionar. Também não ajuda à criação de um ambiente propício ao desenvolvimento desta bonita mas exigente forma de arte além de dificultar a gestão de espaços e financeira do projeto.
  • A situação prevista no número anterior pode, por motivos que a Direção considere válidos, ser reapreciada.
  • Todo este processo está dependente de uma candidatura a financiamento que ainda não abriu e cujo resultado que condicionará de forma decisiva o número de alunos que nos será permitido receber.